0 aluno

O processo tem início quando a criança toma consciência da existência de um “Eu” e de um “Outro”. O exercício de separação dos sujeitos é um método de conhecimento, uma maneira pela qual o indivíduo toma consciência de si, desenvolvendo a capacidade de administrar a sua vontade de maneira autônoma, como parte de uma família, uma comunidade e um corpo social.

Esse processo de constituição do sujeito é longo e complexo. Os indivíduos desenvolvem sua percepção de si e do outro em meio a vivências cotidianas, identificando o seu lugar na família, na escola e no espaço em que vivem. O aprendizado, ao longo do Ensino Fundamental – Anos Iniciais, torna-se mais complexo à medida que o sujeito reconhece que existe um “Outro” e que cada um apreende o mundo de forma particular. A percepção da distância entre objeto e pensamento é um passo necessário para a autonomia do sujeito, tomado como produtor de diferentes linguagens. É ela que funda a relação do sujeito com a sociedade. Nesse sentido, a História depende das linguagens com as quais os seres humanos se comunicam, entram em conflito e negociam.

Retomando as grandes temáticas do Ensino Fundamental – Anos Iniciais, pode-se dizer que, do 1º ao 5º ano, as habilidades trabalham com diferentes graus de complexidade, mas o objetivo primordial é o reconhecimento do “Eu”, do “Outro” e do  “Nós”. Há uma ampliação de escala e de percepção, mas o que se busca, de início, é o conhecimento de si, das referências imediatas do círculo pessoal, da noção de comunidade e da vida em sociedade. Em seguida, por meio da relação diferenciada entre sujeitos e objetos, é possível separar o “Eu” do “Outro”. Esse é o ponto de partida.

 

 

  • É hora de aprender a aprender!
  • As fontes: relatos orais, objetos, imagens (pinturas, fotografias, vídeos), músicas, escrita, tecnologias digitais de informação e comunicação e inscrições nas paredes, ruas e espaços sociais
  • Aprofundando as habilidades descritas abaixo
  • As fontes: relatos orais, objetos, imagens (pinturas, fotografias, vídeos), músicas, escrita, tecnologias digitais de informação e comunicação e inscrições nas paredes, ruas e espaços sociais.
  • Aprofundando as Habilidades descritas abaixo
  • As fontes: relatos orais, objetos, imagens (pinturas, fotografias, vídeos), músicas, escrita, tecnologias digitais de informação e comunicação e inscrições nas paredes, ruas e espaços sociais
  • Aprofundando as Habilidades descritas abaixo.
  • TEMA GERADOR: ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO – OS NOMES E SEUS PERFIS
  • TEMA GERADOR: OBSERVAÇÃO DO MEIO – A NATUREZA
  • TEMA GERADOR: É HORA DE VALORIZAR O QUE É NOSSO! PATRIMÔNIO IMATERIAL.
  • TEMA GERADOR: É HORA DE VALORIZAR O QUE É NOSSO! PATRIMÔNIO IMATERIAL.
  • A noção do “Eu” e do “Outro”: comunidade, convivências e interações entre pessoas.
  • As fontes: relatos orais, objetos, imagens (pinturas, fotografias, vídeos), músicas, escrita...
  • A noção do “Eu” e do “Outro”: comunidade, convivências e interações entre pessoas.
  • As fontes: relatos orais, objetos...
  • Aprofundando as habilidades.
  • Aprofundando as Habilidades trabalhadas.
  • Aprofundando as habilidades descritas abaixo
  • Aprofundando as Habilidades Trabalhadas.
Gratuito